Posts com Tag ‘Legião Urbana’

Hoje a Noite Não Tem Luar – Legião Urbana

Publicado: julho 28, 2012 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Hoje a Noite Não Tem Luar – Legião Urbana

.

mi re mi fa mi fa sol DO / Ela passou do meu lado

DO si sol – DO si sol mi re / “Oi, amor” – eu lhe falei

mi re mi fa mi fa sol DO / “Você está tão sozinha”

la si DO RE MI DO RE / Ela então sorriu pra mim

.

FA FA MI RE RE MI DO / Foi assim que a conheci

la FA MI RE DO RE MI DO / Naquele dia junto ao mar

DO DO DO si la – sol sol RE RE DO / As ondas vinham beijar a praia

mi fa RE si la – sol RE DO si DO / O sol brilhava de tanta emoção

mi fa RE si la – sol sol RE DO / Um rosto lindo como o verão

mi fa RE si la si DO / E um beijo aconteceu

.

mi re mi fa mi fa sol DO / Nos encontramos à noite

DO si sol DO si sol mi re / Passeamos por aí

mi re mi fa mi fa sol DO / E num lugar escondido

la si DO RE MI DO RE / Outro beijo lhe pedi

.

FA MI RE RE MI MI MI DO / Lua de prata no céu

la FA MI RE DO RE MI MI MI DO / O brilho das estrelas no chão

DO DO DO si la – sol sol RE RE DO / Tenho certeza que não sonhava

mi fa RE si la – sol sol RE RE DO / A noite linda continuava

mi fa RE si la – sol sol RE RE DO / E a voz tão doce que me falava:

mi fa RE si la si DO / “O mundo pertence a nós!”

.

Refrão:

FA FA FA MI RE MI DO sol / E hoje a noite não tem luar

RE RE DO RE RE MI / E eu estou sem ela

FA FA FA SOL LA SOL DO RE DO / Já não sei onde procurar

RE RE RE DO si DO / Não sei onde ela está

.

FA FA FA MI RE MI DO sol / E hoje a noite não tem luar

RE RE DO RE RE MI / E eu estou sem ela

FA FA FA SOL LA SOL DO RE DO / Já não sei onde procurar

RE RE RE MI FA SOL / Onde está meu amor?

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Eduardo e Mônica – Legião Urbana

Publicado: junho 19, 2012 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Eduardo e Mônica – Legião Urbana

.

re mi sol si si sol mi / Quem um dia irá dizer

re mi sol sol mi sol / Que existe razão

sol la sol si sol sol mi sol mi re / Nas coisas feitas pelo coração?

re sol si la sol mi / E quem irá dizer

re sol mi sol sol mi la sol / Que não existe razão?

.

sol sol RE RE RE RE RE RE / Eduardo abriu os olhos

RE MI la sol sol sol sol / Mas não quis se levantar

sol sol mi re sol sol mi sol sol si sol / Ficou deitado e viu que horas eram

sol sol sol RE RE RE si RE RE RE MI la sol / Enquanto Mônica tomava um conhaque

sol mi sol sol sol mi re sol / No outro canto da cidade

sol mi sol sol si la / Como eles disseram

.

la la la la la sol sol / Eduardo e Mônica

mi sol sol sol mi sol mi / Um dia se encontraram

sol sol sol mi sol mi re sol / Sem querer e conversaram

sol mi sol mi sol mi sol mi sol sol sol / Muito mesmo pra tentar se conhecer

sol RE RE RE si MI RE RE si DO DO RE la sol / Um carinha do cursinho do Eduardo que disse

sol mi sol sol sol sol /  “Tem uma festa legal

mi sol mi sol mi sol sol sol / E a gente quer se divertir”

.

la la la sol mi sol sol sol mi sol sol / Festa estranha, com gente esquisita

sol sol la sol mi / “Eu não tô legal”

sol sol RE RE RE RE la sol / Não agüento mais birita”

sol sol RE RE RE RE / E a Mônica riu

RE RE MI la sol sol sol sol sol sol mi re sol / E quis saber um pouco mais sobre o boyzinho

sol mi sol mi sol mi si / Que tentava impressionar

sol sol sol RE RE RE RE RE RE / E o Eduardo, meio tonto

RE MI la sol sol sol sol sol / Só pensava em ir pra casa

sol sol mi re sol sol mi sol sol si la /  “É quase duas, eu vou me ferrar”

.

la la la la la sol sol / Eduardo e Mônica

mi sol sol sol mi sol sol / Trocaram telefone

sol sol sol sol mi re / Depois telefonaram

sol sol mi sol mi sol mi si / E decidiram se encontrar

sol sol sol RE RE RE si RE RE RE MI la sol / O Eduardo sugeriu uma lanchonete

sol mi sol sol sol mi sol mi / Mas a Mônica queria

sol mi sol mi sol sol sol / Ver o filme do Godard

,

sol sol sol la sol la sol la sol la sol si sol / Se encontraram então no parque da cidade

sol sol sol sol mi re sol sol mi sol mi sol mi si sol / A Mônica de moto e o Eduardo de “camelo”

sol sol sol RE RE RE RE RE RE / O Eduardo achou estranho

RE MI la sol sol sol sol / E melhor não comentar

sol sol mi re sol sol mi sol mi sol mi si la / Mas a menina tinha tinta no cabelo

.

la la la la la sol sol / Eduardo e Mônica

sol mi sol mi sol mi sol sol / Eram nada parecidos

sol sol sol sol sol mi re / Ela era de Leão

sol sol mi sol mi sol mi si / E ele tinha dezesseis

sol sol sol RE RE RE si RE RE / Ela fazia Medicina

RE MI la sol sol sol sol / E falava alemão

mi sol mi sol mi sol mi sol mi sol sol sol / E ele ainda nas aulinhas de inglês

.

sol sol sol la sol la sol la sol la sol si sol / Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus

sol sol sol sol mi sol mi sol mi sol mi sol mi si / Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud

sol sol sol RE RE si RE RE RE MI la sol / E o Eduardo gostava de novela

sol mi sol sol sol mi sol sol sol sol mi sol sol sol / E jogava futebol-de-botão com seu avô

.

sol sol sol la sol la sol la sol la sol si sol la sol / Ela falava coisas sobre o Planalto Central

sol sol mi re sol sol mi sol sol si / Também magia e meditação

sol sol sol RE RE RE si RE RE RE RE MI RE / E o Eduardo ainda tava no esquema

DO si DO si DO si DO DO DO DO DO si / Escola, cinema, clube, televisão

.

sol la la sol la sol la sol si / E mesmo com tudo diferente

si si si si si si DO / Veio mesmo, de repente

DO DO si DO si DO si RE / Uma vontade de se ver

RE RE FA# FA# FA# FA# FA# MI RE MI RE / E os dois se encontravam todo dia

RE RE RE RE si DO si DO si DO si DO RE RE / E a vontade crescia, como tinha de ser

.

la la la la la sol sol / Eduardo e Mônica

mi sol sol sol mi sol mi sol sol sol sol / Fizeram natação, fotografia

mi sol mi sol sol sol / Teatro, artesanato

mi sol mi sol mi si / E foram viajar

sol RE RE RE si RE RE RE MI la sol / A Mônica explicava pro Eduardo

sol mi sol mi sol mi sol sol sol mi sol sol / Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar

.

re mi re sol sol sol sol / Ele aprendeu a beber

re mi re sol sol sol sol / Deixou o cabelo crescer

mi sol mi sol sol sol si (RE) / E decidiu trabalhar (não!)

sol RE RE RE si MI RE si DO RE si / E ela se formou no mesmo mês

sol sol mi sol sol mi sol sol sol / Que ele passou no vestibular

.

sol sol si si si si si si DO / E os dois comemoraram juntos

DO DO DO DO DO DO DO / E também brigaram juntos

DO DO DO DO DO si / Muitas vezes depois

sol RE RE RE si MI / E todo mundo diz

RE RE si DO si DO si DO RE si la / Que ele completa ela e vice-versa

mi sol mi sol sol sol / Que nem feijão com arroz

.

la sol la sol la sol la sol la sol si sol la sol / Construíram uma casa há uns dois anos atrás

sol mi re sol sol mi sol mi sol si sol / Mais ou menos quando os gêmeos vieram

sol sol RE RE RE RE / Batalharam grana

RE MI la sol sol sol / Seguraram legal

sol sol mi re sol sol mi sol sol si la / A barra mais pesada que tiveram

.

la la la la la sol sol / Eduardo e Mônica

mi sol sol sol mi sol sol / Voltaram pra Brasília

sol sol sol sol sol mi re sol / E a nossa amizade

sol mi sol mi sol mi si / Dá saudade no verão

sol sol RE RE MI RE / Só que nessas férias

RE si DO RE si / Não vão viajar

mi sol mi sol mi sol sol sol mi / Porque o filhinho do Eduardo

sol mi sol sol sol sol mi / Tá de recuperação

re mi sol / Aaham

.

RE SOL MI RE MI MI RE DO / E quem um dia irá dizer

si si DO DO si DO / Que existe razão

DO DO DO RE RE RE MI si la sol / Nas coisas feitas pelo coração?

re sol si la sol mi / E quem irá dizer

re sol mi sol sol mi la sol / Que não existe razão?

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Que País é Esse? – Legião Urbana

Publicado: maio 10, 2012 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Que País é Esse? – Legião Urbana

.

la la la la, la la sib la sol fa / Nas favelas, no Senado

la la la la la la sol fa / Sujeira pra todo lado

la la la la la la la la la sib la sol fa / Ninguém respeita a Constituição

la la la la la la la la la RE RE RE RE FA RE / Mas todos acreditam no futuro da nação

.

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

la la la la sib la sol fa / Que país é esse?

.

la la la la, la la sib la sol fa / No Amazonas, no Araguaia iá, iá

re do re do re do re / Na baixada fluminense

re do re re, do re do fa / Mato grosso, Minas Gerais

la la la la la la la la sol / E no Nordeste tudo em paz

do re do re do re re / Na morte eu descanso

re do re re do re re / Mas o sangue anda solto

do re do re do fa / Manchando os papeis

la la la la la la sol / Documentos fieis

la la la la la la RE / Ao descanso do patrão!

.

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

la la la la sib la sol fa / Que país é esse?

.

RE FA RE FA FA RE FA RE / Terceiro mundo, se for

RE FA RE FA FA RE FA RE / Piada no exterior

DO RE DO RE DO RE DO RE / Mas o Brasil vai fica rico

la la la la la la la la sol / Vamos faturar um milhão

do re do re re – do re do fa fa / Quando vendermos todas as almas

la la la la la la la RE / Dos nossos índios num leilão!!!

.

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

FA RE FA RE DO RE / Que país é esse?

la la la la sib la sol fa / Que país é esse?

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Sereníssima – Legião Urbana

Publicado: fevereiro 3, 2012 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Sereníssima – Legião Urbana

.

RE RE RE DO DO si si la la / Sou um animal sentimental

sol sol fa# sol fa# mi re / Me apego facilmente

re sol fa# mi re sol fa# mi mi re / Ao que desperta o meu desejo

RE DO DO DO RE / Tente me obrigar

si si la sol sol sol sol fa# mi re / a fazer o que não quero e você vai

sol fa# mi re sol fa# mi mi re / logo ver o que acontece

si si si si DO si si DO sol fa# fa# sol la / Acho que entendo o que você quis me dizer

la sol mi sol sol sol sib la sol / Mas existem outras coisas

.

DO DO DO DO DO DO DO RE / Consegui meu equilíbro

la sol sol fa# sol fa# mi re / Cortejando a insanidade

sol fa# mi re sol fa# mi / Tudo está perdido mas

re sol fa# mi re sol fa# mi re / existem possibilidades

RE DO DO DO RE sib / Tínhamos a ideia

sib DO sol fa# fa# fa# fa# mi / mas você mudou os planos

la la la sol mi DO / Tínhamos um plano

fa# la la la sol la sol / Você mudou de ideia

la DO RE, RE RE DO la / Já passou, já passou

DO la sol fa# sol la sib sol / Quem sabe outro dia?

.

DO DO DO DO FA DO# / Antes eu sonhava

DO si si si DO DO sol / Agora já não durmo

fa# fa# mi mi mi mi si la / Quando foi que competimos

la la la la la sol fa# / pela primeira vez?

fa# RE si RE si RE si / O que ninguém perce

la la DO# DO# DO# DO# RE si / é o que todo mundo sabe

re re re re re re si la / Não entendo o terrorismo

la la la la la la si RE / Falávamos de amizade

[…]

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Tempo Perdido – Legião Urbana

Publicado: novembro 4, 2010 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Tempo Perdido (versão ao vivo) – Legião Urbana

.

sol- sol- fa#- mi- fa#- fa#- mi- fa#- sol / Todos os dias quando acordo

fa#- fa#- mi- fa#- sol- fa#- mi- mi- re- mi / Não tenho mais o tempo que passou

sol- sol- fa#- mi- fa#- fa#- sol / Mas tenho muito tempo

mi- sol- RE- sol- RE- sol- RE- RE- sol / Temos todo o tempo do mundo

.

la- la- sol- la- sol- sol- mi- la- mi- sol / Todos os dias antes de dormir

fa#- mi- fa#- mi- fa#- mi- fa#- sol- fa#- mi / Lembro e esqueço como foi o dia

MI- RE- RE- DO- si- la / Sempre em frente

fa#- RE- sol- RE- sol- RE- sol / Não temos tempo a perder

sol- sol- fa#- mi- fa#- fa#- sol / Nosso suor sagrado

sol- sol- sol- fa#- mi- fa#- mi- fa#- sol- fa#- mi / É bem mais belo que esse sangue amargo

RE- RE- RE- DO- si- DO- sol / E tão sério uh, uh, uh

sol- sol- REEE- sol / E selvaaaagem

sol- REEE- sol / Selvaaagem

sol- REEE- SOL- MI / Selvaaaaageeem

.

mi- fa#- sol- mi- sol- mi- sol- mi- fa#- sol / Veja o sol dessa manhã tão cinza

RE- RE- RE- RE- DO- si- DO-  / A tempestade que chega

si- la- si- la- sol- la- la- la- sol / É da cor dos seus olhooos

fa#- REEE- sol / Castaaanhos

RE- MI- RE- MI- MI- RE- RE / Então me abraça forte

MI- FA#- MI- FA#- MI- FA#- MI- FA#- SOL- FA#- MI / E diz mais uma vez que já estamos

RE- RE- DO- si- si- la / Distantes de tudo

.

RE- si- RE- si- RE- si- REEE- sol / Temos nosso próprio teeempo

RE- si- RE- si- RE- si- REEE- sol / Temos nosso próprio teeempo

RE- si- RE- si- RE- si- REEE- sol / Temos nosso próprio teeempo

.

MI- MI- RE- RE- DO- si- si- la / Não tenho medo do escuro

RE- RE- si- MI- MI- RE / Mas deixe as luzes

MI- MI- RE- DO- si- DO- si- la / acesa a a a as

sol- REEE- sol / Agoooora

.

MI- RE- MI- MI- RE- MI- MI- RE- MI- MI- RE- MI / O que foi escondido é o que se escondeu

FA#- SOL- FA#- FA#- MI- FA#- MI / E o que foi prometido

RE- MI- MI- RE- MI / Ninguém prometeu

SOL- FA#- MI- FA#- MI- FA#- SOL- FA#- MI / Nem foi tempo perdido

MI- RE- RE- REEE- sol / Somos tão joooovens

fa#- REEE- sol / Tão jooovens

sol- RE- SOL- FA#- MI / Tão jooooveeens

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Quase Sem Querer – Legião Urbana

Publicado: novembro 3, 2010 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Quase Sem Querer – Legião Urbana

.

si- sol- la- sol- mi- sol- fa#- sol / Tenho andado distraído

sol- si- sol- la- sol- mi- sol- la- mi- re / Impaciente e indeciso

re- si- RE- RE- si- RE- si / E ainda estou confuso

la- sol- si- RE- RE- si- RE- la / Só que agora é diferente

re- si- sol- la- sol- mi- sol- sol- fa#- sol / Estou tão tranquilo e tão contente

.

DO- si- la- sol- mi- sol- la- si / Quantas chances desperdicei

si- la- sol- sol- MI- RE- si- la / Quando o que eu mais queria

DO- DO- si- DO- si- DO- si- DO- si / Era provar pra todo mundo

DO- si- DO- si- DO- si- DO- si- DO- si- DO- si- RE / Que eu não precisava provar nada pra ninguém

.

sol- si- RE- RE- si- RE- la / Me fiz em mil pedaços

si- DO- RE- MI- RE / Pra você juntar

si- la- si- si- la- sol- la / E queria sempre achar

sol- sol- sol- mi- sol- la- sol- DO- sol / Explicação pro que eu sentia

.

sol- mi- sol- sol- sol- sol- mi / Como um anjo caído

sol- mi- si- si- si- si- la / Fiz questão de esquecer

mi- sol- si- la- sol- la / Que mentir pra si mesmo

sol- sol- sol- mi- sol- la- sol- DO- sol / É sempre a pior mentira

.

FA- RE- DO- fa- sol- la- la / Maaaaas não sou mais

la- sol- fa- fa- re- fa- mi / Tão criança ah, ah

la- sol / Uuuuh

re- fa- fa- re- fa- mi- re- do / A ponto de saber tudo

.

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / Já não me preocupo se eu não sei por quê

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / Ás vezes o que eu vejo quase ninguém vê

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / E eu sei que você sabe quase sem querer

sol- DO- si- DO- si- la- fa#- sol / Que eu vejo o mesmo que você

.

FA- FA- FA- RE- DO- FA- FA- RE- DO / Tão correto e tão bonito

DO- DO- sib- la- la- sol- fa- sol- fa / O infinito é realmente

fa- re- fa- fa- sol- re- do / Um dos deuses mais lindos

.

la- DO- DO- la- DO- sol / Sei que às vezes uso

fa- la- DO- DO- la- DO- sol / Palavras repetidas

fa- la- la- sol- fa- sol- fa- re- fa- fa- fa- mi- fa / Mas quais são as palavras que nunca são ditas?

.

sib- la- sol- fa- fa- sol- la / Me disseram que você

fa- la- sol- fa- fa- re / Estava chorando

re- fa- re- fa- re- fa- re- fa- la- re / E foi então que eu percebi

re- fa- re- fa- mi- re- do / Como lhe quero tanto

.

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / Já não me preocupo se eu não sei por quê

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / Ás vezes o que eu vejo quase ninguém vê

sol- DO- si- DO- si- la- sol- la- sol- la- sol- si / E eu sei que você sabe quase sem querer

sol- DO- si- DO- si- la- fa#- sol / Que eu quero o mesmo que você

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.

Vento no Litoral – Legião Urbana

Publicado: maio 22, 2010 por Tainara em Rock Nacional
Tags:

.

Vento no Litoral – Legião Urbana

.

Introdução: mi re do / si la sol / mi re do / si la sol / fa mi re / mi re do /fa mi re / mi re do

.

mi mi la la si si DO DO/ De tarde quero descansar

mi mi fa# fa# sol sol la si/ Chegar até a praia e ver

fa mi la la si si DO DO/ Se o vento ainda esta forte e vai

mi mi fa# fa# sol sol la la/ ser bom subir nas pedras, sei

mi mi fa fa sol sol DO RE/ Que faço isso pra esquecer

la sol la si DO RE MI SOL/ Eu deixo a onda me acertar

LA FA# RE si LA FA# RE/ E o vento vai levando

si la si DO# RE DO#/ tudo embora…

.

la la si DO DO MI si si/ Agora está tão longe ver

la la si DO RE RE MI RE la la/ A linha do horizonte me distrai

re fa DO DO si si la la sol la sol sol fa/ Dos nossos planos é que tenho mais saudade

la si DO si DO SOL si/ Quando olhávamos juntos

RE la DO RE la DO/ Na mesma direção

re fa DO DO sib sib la fa re fa sib la/ Aonde está você agora além de aqui

mi mi la la/ dentro de mim…

.

Solo guitarra:

MI RE DO si la / SI LA SOL / MI RE DO si la / SI LA SOL / MI RE DO / FA MI RE / MI

RE DO / si DO / RE si la / si DO / RE si DO

.

sol sol DO DO RE RE MIb MIb/ Agimos certo sem querer

sol sol si si sol si DO DO si/ Foi só o tempo que errou

mib mib sib sib mib sib DO DO sib/ Vai ser difícil sem você

re la sib la sib la sib la sib la sol fa la/ Porque você esta comigo o tempo todo

la la RE RE MI MI/ E quando vejo o mar

RE sol RE RE SOL SOL/ Existe algo que diz

SOL SOL RE RE SOL SOL/ Que a vida continua

RE si sol RE RE MI RE FA MI RE/ E se entregar é uma bobagem…

.

SOL LA SOL MI DO# la sol fa/ Já que você não está aqui

RE MI FA SOL FA MI RE/ O que posso fazer

RE MI FA MI RE/ É cuidar de mim

sol fa mi sol sol SOL SOL DO/ Quero ser feliz ao menos

la si DO mi fa# sol la mi mi fa# sol/ Lembra que o plano era ficarmos bem…

si Do si DO si DO si DO si/ Eieieieiei!

mi sol si la sol la do/Olha só o que eu achei

la sol mi re/ Humrum

mi re do mi re do/ cavalos- marinhos

.

Solo: MI RE DO / SI LA SOL / MI RE DO / SI LA SOL

.

Obs: As notas maiúsculas são agudas.

.